Desempenho de “Oficina de pais e filhos” é destaque positivo na mídia

Os magistrados Vanessa Aufiero da Rocha, da 2ª Vara da Família e das Sucessões de São Vicente, e Ricardo Pereira Junior, da 12ª Vara da Família e das Sucessões Central, participaram hoje (10) de reportagens no programa Mais Você, comandado pela apresentadora Ana Maria Braga. O enfoque foi o trabalho desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo com as “Oficinas de Pais e Filhos”, modelo que de atuação que tem apresentado resultados excelentes.

Em São Paulo, a Oficina de Pais e Filhos tem tido o apoio da Escola Paulista da Magistratura (EPM), que em parceria com o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça de São Paulo (Nupemec), em junho último realizou o Curso de Formação de Instrutores da Oficina de Parentalidade e Divórcio, com cerca de 200 participantes, entre chefes, mediadores e conciliadores dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), assistentes sociais e psicólogos judiciários.

Política pública de pacificação familiar – A Oficina da Parentalidade, também chamada Oficina de Pais e Filhos, iniciou-se em São Paulo, na Comarca de São Vicente, e foi instituída pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por meio da Recomendação nº 50/14 como política pública na resolução e prevenção de conflitos familiares. Foi recepcionada como método adequado de solução de conflitos pelo Nupemec e inserida nas práticas dos Cejuscs, por meio do Provimento CSM 2327/16.